DAVI E GOLIAS - SOMBRAS DO APOCALIPSE?

A LUTA DE DAVI E GOLIAS E A RELAÇÃO COM O APOCALIPSE
A história narrada em I Samuel 17.40-50 já foi muito explorada, mas raramente alguém se lembra do seu significado profético.
Essa história mostra:
I – A SITUAÇÃO MUNDIAL ATUAL – Assim como o povo de Israel estava acossado diante da ameaça do filisteu Golias, atualmente, o Israel se encontra numa situação crítica, ameaçado pelo gigantesco povo árabe, cujo desejo é o extermínio de todos os judeus. Portanto, hoje Golias é o império Islâmico, com sua política terrorista.
II – O PEQUENO E O GIGANTE – Enquanto Israel é uma nação com pouco mais de 6.000.000 de habitantes, os árabes são 640 vezes maiores (somente o número de seguidores da religião islâmica já passa de 2 BILHÕES). O contraste entre Israel e seus inimigos é incrível.

III – A TRIPLICE VITÓRIA DE DAVI E SEU SIGNIFICADO PROFÉTICO – Antes de enfrentar o gigante, Davi tinha matado um leão e um urso. 1 – PARA ISRAEL a) O leão – símbolo de Babilônia (= de o­nde vem o Iraque). Essa nação já tentou muitas vezes aniquilar Israel, mas sempre saiu perdendo. Em 1981, num ataque surpresa, a Força Aérea Israelense detonou todos os arsenais nucleares que o governo iraquiano estava fabricando. Se isto não tivesse acontecido, a Guerra do Golfo em 1991 teria sido tragicamente pior para todo mundo. Mas, o leão foi ferido pelo pequeno Davi. b) O urso – Nas profecias, o urso simboliza o império Persa (= de o­nde vem o Irã, outro pais que tem ameaçado Israel de várias formas, mas nunca conseguiu nem lançar um míssil contra a nação de Deus). Como os antigos impérios babilônicos e persas ocuparam todo o Oriente Médio, atualmente o “leão” e o “urso” simbolizam todos os povos árabes inimigos de Israel, todos derrotados em diversos momentos da História, desde o retorno de Israel em 1948. Em Amós 9.14-15, Deus diz sobre Israel: “PLANTÁ-LOS-EI NA SUA TERRA, E, DESSA TERRA QUE LHES DEI, JÁ NÃO SERÃO ARRANCADOS, DIZ O SENHOR TEU DEUS”. Desde 1948 até agora têm sido infrutíferas todas as tentativas de se expulsar Israel de sua terra. Eles enfrentaram 6 grandes guerras (1948, 1956, 1967, 1973, 1982 e 1991), e continuam lá. O leão e o urso não são páreo para o pequeno Davi! Levando-se em consideração a superioridade militar dos árabes, é difícil acreditar que Israel tenha vencido todas essas guerras sem a ajuda de Deus. Na verdade, os profetas disseram que Deus haveria de lutar por Israel no final dos tempos. As duas piores guerras, que quase destruíram Israel foram as de 1967 (Guerra dos 6 dias) e 1973 (Guerra do Yom Kippur). Em todas Israel sempre foi atacado primeiro; em 1973 foram até pegos de surpresa (pois era o dia da Expiação (Yom Kippur), quando até mesmo os soldados deixam as armas e vão jejuar).Veja só o resultado: -Guerra de 1967 – nos 6 dias da guerra morreram 10.000 egípcios, 15.000 jordanianos e milhares de sírios, iraquianos e combatentes de outros países. Somente o Egito perdeu 400 aviões, 600 tanques e milhares de peças de artilharia, munições, armas leves e veículos, superando o valor de um bilhão e meio de dólares. Em toda a guerra, apenas 700 soldados judeus perderam a vida. E Israel ainda reconquistou Jerusalém que estava há 2.500 anos em mãos estrangeiras. Coincidência? Sorte? Não! Foi o *****primento de Amós 9.15: “...DESSA TERRA QUE LHES DEI, JÁ NÃO SERÃO ARRANCADOS, DIZ O SENHOR TEU DEUS.” -Guerra de 1973 – Segundo cálculos do Instituto Estratégico Internacional, sediado em Londres, egípcios e sírios perderam nesta guerra o total de 22.000 homens, tendo o Egito 15.000 mortos e 45.000 feridos, e a Síria 7.000 mortos e 21.000 feridos. Israel teve 2.812 mortos e 7.500 feridos. No livro de Números (capítulo 24.18) diz: “ISRAEL FARÁ PROEZAS”. Depois de enfrentar o leão e o urso, Davi enfrentou: c) Golias – Após as guerras contra seus vizinhos árabes, Israel terá de lutar contra todas as nações, lideradas pelo Anticristo (O Golias final) – Zacarias 12 e 14; Joel 3; etc. 2 – O SIGNIFICADO PARA A IGREJA CRISTÃ – A Palavra de Deus diz que o Cristão possui três inimigos terríveis, que podem muito bem ser simbolizados pelos três inimigos de Davi. a) O leão – simboliza Satanás – ele é comparado a leão em várias passagens.b) O urso – o mundoc) Golias – a carne
IV – A APARIÇÃO DE GOLIAS – PROFECIA DA APARIÇÃO DO ANTICRISTO! 1 – Golias surgiu dentre as fileiras dos filisteus como se viesse do nada – “TRAZIA NA CABEÇA UM CAPACETE DE BRONZE...A HASTE DE SUA LANÇA ERA COMO O EIXO DO TECELÃO, E A PONTA DA SUA LANÇA DE 600 SICLOS DE FERRO” (I Sm 17.4-7). Sobre o Anticristo, as profecias dizem:“O QUARTO ANIMAL...MUITO TERRIVEL, CUJOS DENTES ERAM DE FERRO, E CUJAS UNHAS ERAM DE BRONZE...” (Dn 7.19-23) 2 – Golias tinha 6 côvados e um palmo de altura, e a ponta de sua lança pesava 600 siclos de ferro – Aís está o número do homem rebelde, a Besta 666. 3 – Falava com arrogância – I Sm 17.8,10-11 – Da mesma forma fará o Anticristo. “FOI-LHE DADA UMA BOCA QUE PROFERIA ARROGÂNCIAS E BLASFÊMIAS, E AUTORIDADE PARA AGIR 42 MESES; E ABRIU SUA BOCA EM BLASFÊMIAS CONTRA DEUS, PARA LHE DIFAMAR O NOME E DIFAMAR O TABERNÁCULO, A SABER, OS QUE HABITAM NO CÉU” – Ap 13.5-6 4 – Inicialmente, ninguém ousava lutar contra Golias – Inicialmente, ninguém ousará enfrentar o Anticristo - “...E TODA A TERRA SE MARAVILHOU, SEGUINDO A BESTA; E ADORARAM O DRAGÃO PORQUE DEU A SUA AUTORIDADE À BESTA; TAMBÉM ADORARAM A BESTA, DIZENDO: QUEM E SEMELHANTE À BESTA? QUEM PODE PÉLEJAR CONTRA ELA?” – Ap 13.3-4. 5 – Golias tinha um escudeiro que ia adiante dele – I Sm 17.7, 41.-A Besta da terra (= Falso Profeta) é a escudeira da Besta do Mar (= Anticristo) – Ap 13. 6 – A luta de Golias era com Israel – Da mesma forma a luta do Anticristo - Zc 12 e 14 7 – Davi diz que as aves do céu vão comer a carne de Golias – I Sm 17.46 – Em Apocalipse 19.17-18, um anjo convida as aves do céu para comerem a carne das nações que estão contra Israel.
V – AS 7 FRASES DE DAVI – Antes de se encontrar com Golias, Davi fala 6 vezes – sua 6.ª fala reflete a situação do homem sem Deus, o velho homem. Davi reclama que não consegue caminhar com a armadura de Saul. O velho homem, com sua roupagem de pecado, nunca vencerá o mundo. Então Davi deixa a capa de Saul e segue apenas confiando em Deus (essa é a atitude do novo homem)! Ao se encontrar com Golias, Davi fala pela 7.ª vez – com uma ousadia que fez o gigante tremer. “Tu vens a mim com espada, com lança e com escudo; mas eu venho a ti em nome do Senhor dos exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado. Hoje mesmo o Senhor te entregará na minha mão; ferir-te-ei, e tirar-te-ei a cabeça; os cadáveres do arraial dos filisteus darei hoje mesmo às aves do céu e às feras da terra; para que toda a terra saiba que há Deus em Israel; e para que toda esta assembléia saiba que o Senhor salva, não com espada, nem com lança; pois do Senhor é a batalha, e ele vos entregará em nossas mãos.” (I Samuel 17.45-47) * A expressão “SENHOR DOS EXÉRCITOS” aparece 287 vezes na Bíblia (41 x 7). Destas, aparece 7 vezes nos Salmos. VI – AS 5 PEDRAS – Por que Davi apanhou exatamente 5 pedras? 1 – Somente uma foi necessária para derrubar o gigante – Só existe Alguém em toda a história que foi comparado à uma pedra - JESUS. “A PEDRA QUE OS CONSTRUTORES REJEITARAM, ESSA VEIO A SER A PRINCIPAL PEDRA ANGULAR...TODO O QUE CAIR SOBRE ESTA PEDRA FICARÁ EM PEDAÇOS; E AQUELE SOBRE QUEM ELA CAIR FICARÁ REDUZIDO A PÓ” – Mt 21.42,44. a) Jesus, a Pedra de Tropeço e Rocha de ofensa – rejeitada por Israel – Is 8.14-15; Rm 9.32-33; I Co 1.23; I Pe 2.8.b) Jesus, a Pedra Fundamental e a Pedra angular – o­nde a Igreja está edificada – I Co 3.11; Ef 2.20-22; I Pe 2.4-5.c) Jesus, a Pedra Esmagadora, cortada sem auxilio de mãos – para destruição dos poderes gentios anticristãos – Dn 2. 2 – As 4 pedras restantes da sacola de Davi representam o povo de Deus retirados de todas as nações – Ap 5.9; I Pe 2.5. 3 – Por que Davi pegou as pedras no ribeiro? – Porque todos os filhos de Deus foram purificados por meio da lavagem de água, pela Palavra – Ef 5.26; Jo 7.37-38. 4 – Como Davi guardou as pedras no seu alforje antes de lutar contra Golias, a Igreja de Jesus será levada para o “alforje celestial” antes da guerra de Armagedom – I Sm 17.40;1 Tess 4.16-18. 5 – A pedra também simboliza Jerusalém vitoriosa contra todos os seus inimigos – “NAQUELE DIA FAREI DE JERUSALÉM UMA PEDRA PESADA PARA TODOS OS POVOS EM REDOR” – Zc 12.2-3.
ARQUIVO 7 - CENTRO DE PESQUISAS SOBRE PROFECIA E NUMEROLOGIA BIBLICA –
RESP.: M. R. S. JÚNIOR – IGARAPÉ GRANDE – MA
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.