A HISTÓRIA DE JOSÉ COMO SOMBRAS DO FUTURO

No livro do profeta Isaias Deus declara que conhece o fim desde o principio (Isaias 46.9-10; 48.3). Todas as histórias reais do livro de Gênesis se parecem exatamente com certos acontecimentos que ocorreram na História milhares de anos depois, relacionados ao Plano de Deus. A história do Dilúvio, o arrebatamento de Enoque, a destruição de Sodoma e Gomorra com fogo, o casamento de Isaque e Rebeca, etc. Iremos agora investigar a interessante história de José (escrita no Gênesis) e veremos como ela é uma fantástica profecia para o futuro. Vejamos como a história de José foi uma sombra profética da história de Jesus cerca de 2000 anos depois.

· Tal como Jesus, José foi odiado pelos próprios irmãos – Gênesis 37.4; João 7.5; 15.24.
· José foi vendido por 20 moedas; Jesus foi vendido por 30 – Gênesis 37.28; Mateus 26.
· Rúben procurou impedir que José fosse morto; a mulher de Pilatos fez o mesmo com Jesus – Gênesis 37.21; Mateus 27.19.
· Judá propôs a venda de José; o mesmo fez Judas com Jesus (ambos os nomes (=Judá e Judas) tem o mesmo significado, e José e Jesus vem da mesma raiz hebraica)– Gênesis 37.28; Mateus 26.15.
· José foi vendido para Potifar, um oficial egípcio, o qual no inicio o tratou bem, depois o abandonou na prisão; Jesus foi entregue a Pilatos, o qual no inicio queria soltá-lo, depois O abandonou para ser crucificado – Gênesis 39; Lucas 23.
· Ambos (José e Jesus) foram tentados, e venceram – Gênesis 39; Mateus 4.
· Na prisão, José tinha dois colegas: um foi solto, o outro foi enforcado; Na cruz, Jesus estava entre dois ladrões: um foi salvo, o outro se perdeu – Gênesis 40; Lucas 23.
· Com 30 anos, José se tornou governador do Egito; com 30 anos, Jesus começou a pregar – Gênesis 41.46; Lucas 3.23.
· José, rejeitado pelos irmãos, foi aceito pelos egípcios; Jesus, rejeitado pelos irmãos judeus, foi mais tarde aceito pelos Gentios (=nações não israelitas).
· Rejeitado pelos irmãos, José ganha uma noiva no Egito; rejeitado pelos judeus Jesus ganha uma noiva (a Igreja, formada por judeus, mas principalmente gentios). Da mesma forma, o futuro (=A 2.ª Vinda de Jesus Cristo) foi profetizado na história de José. a) Depois que os irmãos haviam rejeitado a José, sofreram muito. Sendo provados, se aproximaram de José, porém não o reconheceram (Gênesis 42.8). Os judeus que rejeitaram a Jesus sofreram terrivelmente (Lucas 21.24 – a História fala das terríveis perseguições, especialmente as promovidas pela Inquisição da Igreja de Roma e o Holocausto promovido pelos nazistas). A maioria dos judeus já retornou para a sua terra, mas ainda não reconheceram a Jesus (Romanos 11.25). b) Quando José se fez conhecer aos seus irmãos, eles então se reconciliaram com ele (Gênesis 45.4,15; 50.17-18). Quando Jesus, após a Grande Tribulação, voltar em grande poder e glória, os judeus O reconhecerão como o seu Messias, o qual eles mesmos crucificaram (Zacarias 12.10). Eles então se arrependerão com grande choro e serão salvos num só dia (Isaias 65.18,19; 66.8; Romanos 11.26). Realmente, Deus conhece o “fim desde o princípio”. E as 7 vacas? No capítulo 41 de Gênesis mostra que José se tornou o governador do Egito após decifrar o misterioso sonho do Faraó. O poderoso soberano egípcio havia sonhado com 7 espigas mirradas comendo 7 espigas cheias e logo depois (outro sonho), aparecem 7 vacas gordas sendo comidas por 7 vacas magras. Esquisito, não? O homem de Deus explicou que haveria de vir sobre o Egito 7 anos de fartura (as 7 vacas gordas e as 7 espigas cheias). Mas em seguida haveria 7 anos de fome e seca (as 7 vacas magras e as 7 espigas mirradas). Ele mostrou ao Faraó a melhor maneira de vencer as dificuldades e o soberano achou a idéia tão brilhante que o nomeou governador do Egito. Qual a importância desses 7 anos na profecia? É que os profetas ensinam que Israel irá se reconciliar com Deus após 7 anos de tribulação (miséria, guerra e fome), e os irmãos de José se reconciliaram com ele justamente no período dos 7 anos de fome.
A profecia é perfeita.
ARQUIVO 7 - Centro de Pesquisas sobre Profecia e Numerologia Bíblica
Resp.: M. R. S. JÚNIOR – IGARAPÉ GRANDE – MA
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.