Caracterização das Seitas

Edmilson Araújo da Silva


1 Tm 4.1: Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos dias muitos apostatarão da fé, dando ouvidos á espíritos enganadores e á doutrinas de demônios



Primeiramente devemos saber o que são Seitas e Heresias:
Seitas são grupos que praticam o desvio doutrinário e que interpretam a Bíblia de uma forma errada e que praticam Heresias.
Heresias é um desvio doutrinário, uma distorção do Cristianismo á Luz da Bíblia.
As pessoas têm o livre arbítrio de seguir a religião á sua escolha, mas não significa, porém que todas as religiões são boas, e nem que todos os caminhos levam á Deus
Mt 7.13,14
Pois o único caminho que nos leva á Deus é Jesus Cristo
João 14.6 Na época de Jesus já existiam vários grupos religiosos: Os Fariseus e Saduceus, que eram grupos que tinham posição religiosa distinta. A Igreja de Atos dos Apóstolos nos mostra que Paulo e os demais Apóstolos tiveram a preocupação de impedir que Falsos ensinamentos e Heresias adentrassem nas Igrejas. Devemos proteger o rebanho do Senhor e ao mesmo tempo nos preparar para a evangelização.As pessoas que estão envolvidas com Seitas e Heresias precisam ser alcançadas por Cristo.
Os Comentários aqui descritos são absolutamente necessários á defesa da fé Cristã. Sabemos que a Igreja não Salva, quem Salva é Jesus Cristo, sendo a igreja uma representação de Deus na Terra, precisamos nos prevenir contra qualquer ataque a Sã doutrina Bíblica. Não tendo qualquer intenção de ofender ou menosprezar quaisquer grupos de Pessoas
As Seitas adicionam ao caráter único e suficiente na obra de Cristo na cruz do calvário, algo que a Bíblia não afirma tendo a Bíblia como amuleto.
Exemplo: O Adventismo do Sétimo Dia ensina que para ser um adventista, não basta apenas se orientar pela Bíblia, a pessoa tem que adotar os ensinos de Ellen White, o qual é considerado por seus adeptos, equivalente á Bíblia. Existem diversas profecias no Livro de Ellen White, e todas elas jamais se cumpriram, o que prova que não são profecias verdadeiras.
Outro Exemplo: O Mormonismo afirma que apenas a Bíblia não basta, para eles o Livro de Mórmon é o livro mais correto do Mundo, afirmando falsamente que sem a permissão de Joseph Smith ninguém entra no Céu.
A Bíblia nos ensina que as sagradas Escrituras tornam o homem sábio para a Salvação em Jesus Cristo e que sem Jesus não haverá Salvação para a vida eterna.
As Seitas subtraem algumas características da pessoa de Jesus Cristo, retirando a Divindade de Filho de Deus.
As Testemunhas de Jeová afirmam que Jesus não é o criador, é criatura, e foi criado por Jeová Deus, que é o anjo Criador.
A Maçonaria vê Jesus como mais um fundador de uma religião, ao lado de personagens mitológicos como Buda, Krishna e Maomé.
A Legião da Boa Vontade, também desmerece a natureza humana de Jesus, afirmando Cristo possui um corpo fluídico, além de dizer que Jesus teria afirmado que jamais fosse Deus
1 João 5.20
A Bíblia ensina que Jesus é o Criador
João 5.8
Ensina que Jesus tem a mesma natureza do Pai, não é um anjo ou médium, ele nasceu como Ser humano cresceu, sentiu fome e sede, cansou-se e dormiu.
A Bíblia afirma a divindade de Jesus quando afirma que ele é o Filho do Homem
Lc 19.10
Qualquer ensino que retire a divindade de Cristo subtrai suas humanas qualidades.
A Bíblia diz: No Princípio era o Verbo, o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus.
As Seitas multiplicam por Obras, a Salvação, colocando fardos pesados sobre as costas das pessoas, inventam métodos para se obter a salvação, como por Exemplo:
A Igreja do Reverendo Moon, diz que os Bilhões de Cristãos que confiam na Salvação por intermédio do Sacrifício de Jesus na Cruz do calvário estão enganados.
Os adventistas ensinam á guardar o sábado como sendo essencial para a Salvação, sendo assim desmerecem o valor absoluto do resgate na Cruz do Calvário.
Seicho-no-ie afirma que se o pecado existisse nem todos os Budas do Universo e nem Cristo poderia extinguir ou perdoá-lo, tal ensino nega a eficácia do sacrifício de Cristo
Para as Seitas a fé pessoal em Jesus, tem algum valor, mas não o suficiente e nesse ponto multiplicam por obras próprias a fé no Divino Salvador.
Deus não nos oferece a Salvação pelo fato de sermos bons ou por efetuarmos alguma obra, mas pelo seu grande amor e misericórdia. Fazemos obras porque somos Salvos e não para alcançar a Salvação.
Ef 2.8-9
As seitas dividem a fidelidade de Deus pelas organizações
Acreditam e ensinam que em uma determinada data, tal movimento surgiu de uma vontade divina para se restaurar o que se havia perdido, daí a ênfase da exclusividade.
Outras que negam o Cristianismo, afirmam que todas as religiões são boas e que somente a sua será responsável para unir todas as outras religiões.
Quase todas as seitas pregam isto, sobretudo as pseudocristãs que se apresentam como a restauração do Cristianismo primitivo.

Igreja do Evangelho Quadrangular - Jundiaí (SP)
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.